Início Destaque Delegação do Grêmio voltou consternada com o que viu na Venezuela

Delegação do Grêmio voltou consternada com o que viu na Venezuela

COMPARTILHAR
Lucas Uebel/Grêmio

Os jogadores do elenco do Grêmio voltaram da Venezuela muito tocados com tudo que viram no país.

A crise gigantesca assustou até caras como o Cícero, que já foi muito pobre:

  • “É até arrepiante pela situação que a gente viu. Um ser humano pegando um prato de comida parecendo que era o último dia de vida, sei lá.”
  • “Nós jogadores, o Marcelo ali, o pessoal pediu pra gente se reunir e juntamos ali uma coisa boa para eles.”
  • “A gente ficou até sabendo do salário mínimo, como acontece, o que o país tá vivendo. Acho que estas coisas não tem preço na vida, você ajudando as pessoas.”
  • “Se você puder fazer uma caridade pra uma pessoa que tá precisando, isso não tem preço. Pode ter certeza, que nós jogadores, comissão técnica, o clube, a gente vai estar levando uma lição muito grande de vida nesse país hoje.”

Renato disse que é até difícil para falar sobre isso. Ele pensa que o mundo precisa olhar mais para a Venezuela porque a situação é chocante. A coisa está muito feia por lá.

Pra quem não sabe, falta comida nas prateleiras dos supermercados. Pão é distribuído uma vez por semana apenas. Os repórteres relataram que foram em três supermercados para encontrar água.

 

Fonte: João Batista Filho

COMPARTILHAR