Início Destaque Precisamos ler as informações com um olhar mais crítico.

Precisamos ler as informações com um olhar mais crítico.

COMPARTILHAR
Todos os dias recebemos informações que teriam como objetivo nos informar e com isso possibilitando a formação de opiniões que ajudaria a tomada de decisões sobre as questões políticas, culturais, sociais e econômicas. Temos que ter conhecimento com o que ocorre nosso mundo e nos outros mundos, e tomar posição frente a eles.

Informação não é conhecimento. O acesso as últimas notícias e os últimos fatos políticos ocorridos, tem sido fácil, o difícil é encontrar quem consiga fazer uma análise profunda e radical, ou no mínimo tente analisar as notícias sobre este assunto específico. É tanta informação e desinformação (fake news) que as pessoas vão sendo jogada de uma lado para o outro com notícias muitas vezes contraditórias ou que nada explicam e geram mais dúvidas do que elucidam qualquer tentativa de entendimento sobre o assunto.

Com as redes sociais, a situação se agravou ainda mais. Quase ninguém mais lê as notícias ou matérias. Nas redes os internautas, nos jornais os seus leitores são atraídos por manchetes curtas ou resumos muitas vezes de caráter sensacionalista e que buscam atrair a atenção do leitor, e quando conseguem mais desinformam do que informam. Toda a regra têm exceção, é claro que existem pessoas que não se prendem nem se perdem nesta enxurrada de notícias e informações e que conseguem ao menos construir uma análise a partir de diferentes pontos de vista.

As cabeças das pessoas estão cada vez mais vazias, no que tange à capacidade opinar e argumentar. Cada vez mais suscetível a manipulações de interesses de quem controla a mídia. Isso afeta todas as áreas, criação de heróis, mitos (Duce, Führer etc), Filmagens de constrangimento público e situações constrangedoras.

A mídia cria vilões e heróis, mas nós leitor destas mídias temos que ter a capacidade de acreditar nelas ou não. Mas para isso é preciso que tenha muito mais conhecimento que informações. E conhecimento não é uma coisa que se consiga da noite para o dia, muito menos nas redes sociais.

Luiz Felipe Schervenski Pereira
Luiz Felipe Schervenski Pereira (Mestre em Educação e Doutor em História)

 

 

 

 

 

https://www.facebook.com/luizfelipe.schervenskipereira